DORMIR NA REDE, OS MITOS E AS VERDADES


Dormir na Rede, os mitos e as verdades. 

Tirar uma soneca na rede, para muitas pessoas é no mínimo muito relaxante, mais existem controversas sobre isso.
Será que dormir na rede faz mal a saúde? Existe algum benefício para quem dorme na rede?
Vamos discutir os ganhos e os mitos que a decisão de curtir um bom sono na rede inspiram.



A Prática de Dormir na Rede é Antiga - Dormir na Rede, os Mitos e as Verdades

As redes de dormir são muito comuns nos lares do Nordeste e do Norte, elas fazem parte do cenário brasileiro antes mesmo de qualquer lembrança.
A prática de dormir na rede é antiga, trata-se de costumes indígenas e foi descrita por aqui no Brasil pela primeira vez na carta de Pero Vaz de Caminha, logo na chegada dos portugueses, em 1500. “(...) Tinham dentro muitos esteios; e, de esteio a esteio, uma rêde atada pelos cabos, alta, em que dormiam”, descreveu o cronista sobre os hábitos indígenas.

Dormir na rede, os mitos e as verdades

Mas, de tão popular, existe muitas especulações e curiosidades sobre dormir na rede.  E alguns mitos foram criados entre suas varandas,  e por isso muitas pessoas procuram esse tema na Internet: dormir na rede, os mitos e as verdades
Uma das curiosidades que as pessoas tem sobre esse assunto é de saber se o costume de passar noites na rede poderá ampliar problemas na coluna e fazer mal à saúde.  Isso é mesmo verdade?
A resposta geral dos ortopedistas que andei pesquisando pela Internet é que isso não se aplica.

Diferentemente de algumas falas do dito popular, o hábito de dormir de rede não causa riscos à coluna ou à outras partes do corpo. “Existe sim o mito de que ela pode causar esses problemas, mas não há comprovação.

Em comparação com a cama, a rede de dormir é uma boa competidora. Pode até vencer a batalha, por conta da sua constituição que se adequa ao corpo de quem nela se deita.
Existem algumas pesquisas comprovadas com relação a este assunto, e os resultados realizados pela residência de ortopedia da Universidade do Estado do Pará (Uepa) mostraram que pacientes que mantêm hábito de dormir de rede têm menor prevalência de dores nas costas do que aqueles que preferem as camas.


Considerações Finais:

Dormir na rede  além de não fazer mal a saúde,  faz muito bem para a mente. 
É uma forma prazerosa de relaxar, de passar algumas horas lendo um livro, ou de simplesmente tirar aquele cochilo depois do almoço.
“Feliz daquele que tem uma rede armada na sua sala ou em qualquer outro cantinho da sua casa.
Se você gostou desta postagem, sobre dormir na rede, os mitos e as verdades, deixe seu comentário e compartilhe.
Obrigada

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...